- CAPACITAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO DO INVENTÁRIO DE SINALIZAÇÃO VIÁRIA DE TRÂNSITO – INVENTÁRIO VERSÃO 2.0
(CUISVT2472019)

 


Local: Sede da FAMURS - Rua Marcílio Dias, 574 - Porto Alegre/RS
Investimento: R$ 219,00 para Prefeitura - R$ 329,00 para outros
Data: 24 de julho de 2019
Horários: das 9h às 17h
Carga Horária: 7h/a (um dia)

OBSERVAÇÃO: O PAGAMENTO DA INSCRIÇÃO DEVE SER REALIZADO VIA DEPÓSITO DADOS:
BANRISUL AGENCIA 0011 - CONTA 06.851.7000-1
CNPJ 88.733.811/0001-42 - FAMURS ESCOLA.

CANCELAMENTO: 7 DIAS, APÓS VALOR FICARA DE CRÉDITO PARA PREFEITURA.

*ESTAMOS MUDANDO O SISTEMA DE INSCRIÇÕES, DEVIDO A ISTO OS BOLETOS NÃO SERÃO GERADOS.
INFORMAÇÕES: 51.32303125 - 51.32303126 - 51.32303127


JUSTIFICATIVA:
Auxiliar os Municípios no cumprimento das determinações legais, envolvendo a organização do órgão municipal de trânsito, abrangendo todas as sinalizações, dispositivos auxiliares, sinalização semafórica e sinalização de obras determinadas pelo Anexo II do Código de Trânsito Brasileiro, e regulamentadas pelos volumes do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito, elaborado pela Câmara Temática de Engenharia de Tráfego, de Sinalização e da Via.



OBJETIVO GERAL:
O curso consiste em identificar os tipos de sinalização viária normatizado pelo CONTRAN e descrevê-los de forma a retratar a situação, localização, abrangência e histórico de manutenção.


META:
Habilitar usuários a realizarem o levantamento da sinalização viária existente nos municípios e manterem o registro inventarial da mesma e suas manutenções subsequentes.


PÚBLICO ALVO:
Prefeitos (as), Vice-Prefeitos (as), Secretários, Diretores, e Autoridades responsáveis pelos setores de trânsito dos Municípios, bem como, engenheiros, técnicos, agentes de trânsito e administradores cadastrados no sistema do inventário.


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1. Apresentação;
2. Importância do inventário;
3. Apresentação da aplicação e suas funcionalidades;
4. Construção de uma base de nomenclaturas capaz de tornar a descrição da sinalização de fácil compreensão por todos membros da equipe;
5. Identificação de elementos urbanos auxiliares na descrição da localização da sinalização no inventário, tais como logradouros, cruzamentos, organização da numeração predial, distâncias e etc;
6. Cadastramento de vias e cruzamentos dos municípios;
7. Cadastramento da sinalização e suas características específicas, tais como informações complementares;
8. Registro de ordens de serviço de manutenção;
9. Registro de confirmação de manutenções;
10. Realização de consultas;
11. Obtenção de relatórios;


MINISTRANTE:
Fagner Sutel - Desenvolvedor de sistemas com ênfase em bancos de dados, consolidação de dados e qualificação da informação. Atua desenvolvendo ferramentas que auxiliem na obtenção de relatórios, e obtenção de informação para tomada de decisão. Agente de Apoio técnico da Empresa Pública de Trânsito e Circulação (EPTC) na Gerência de Planejamento de Trânsito e Circulação, atuando na área de projetos viários colaborando na obtenção informações para uso da equipe técnica bem como para informação à comunidade.