• Local: Sede da FAMURS (Rua Marcílio Dias, 574 – Porto Alegre/RS)
    Investimento: R$ 399,00 para Prefeitura - R$ 599,00 para outros
    Data: 26 e 27 de setembro de 2019.
    Horário: Das 9h às 12h e das 13h às 18h
    Carga horária: 14h (dois dias)


    PAGAMENTO DA INSCRIÇÃO DEVE SER REALIZADO VIA DEPÓSITO
    DADOS BANCÁRIOS: BANRISUL - AGÊNCIA 0011 - CONTA 06.851.7000-1
    CNPJ 88.733.811/0001-42 - FAMURS ESCOLA.


    *ESTAMOS MUDANDO O SISTEMA DE INSCRIÇÕES, DEVIDO A ISTO OS BOLETOS NÃO SERÃO GERADOS.
    INFORMAÇÕES: 51.32303125 - 51.32303126 - 51.32303127

    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

    Conceito de Cerimonial, Protocolo e Etiqueta: Breve histórico do cerimonial e diferenciação dos conceitos;
    Precedência e utilização do Decreto 70.274/1972: A Hierarquia entre as autoridades, quem preside cerimônias oficiais, Mesas de Honra, Palco, Palanque Oficial, Tribuna de Honra;
    Expressões de tratamento: Uso ou não do Excelentíssimo Senhor;
    Hinos e Bandeiras: A utilização do hino em cerimônias oficiais e a precedência entre as bandeiras;
    Roteiros e Vocativos: Estruturação dos roteiros em cerimônias e a forma de utilização da nominata de autoridades;
    Trajes e cuidados com o visual: Classificação de trajes masculinos, femininos e dicas para uma boa apresentação;
    Cerimonial de Posse Ritos e cuidados especiais, formatação e organização geral do evento; Fechamento e considerações finais.


    MINISTRANTE: Luiz Fernando Muñoz – Registro no CONRERP: 2358

    Bacharel em Comunicação Social – Habilitação em Relações Públicas e MBA em Marketing com ênfase em Planejamento de Eventos. Especialista em cerimonial e protocolo, profissional experiente, respeitado e reconhecido pelo domínio das normas de cerimonial e protocolo na esfera pública federal, estadual e municipal, análise e aplicação de decretos e ordem de precedência. Currículo com a realização e participação em mais de 5.000 eventos públicos e privados ao longo da carreira.

    Atuando no mercado privado desde 2011, criou a empresa Muñoz Cerimonial & Eventos em 2013, onde atua como consultor na área de eventos e cerimonial e mestre de cerimônias, além de ser palestrante, professor e ministrante de cursos na área de eventos e cerimonial.

    Experiência profissional de mais de 18 anos na área de eventos, destacando os cargos de Chefe do Cerimonial e mestre de cerimônia da Prefeitura de Porto Alegre (2017), Chefe do Cerimonial e mestre de cerimônias do Ministério Público do RS (2009-2011); e Assessor do Cerimonial e mestre de cerimônias da Assembleia Legislativa do RS (2002-2009).


  • Local: Sede da FAMURS - Rua Marcílio Dias, 574 - Porto Alegre/RS
    Investimento: R$ 399,00 para Prefeitura - R$ 599,00 para outros
    Datas: 26 e 27 de setembro de 2019
    Horários: das 9h às 17h
    Carga Horária: 14h/a (dois dias)

    OBSERVAÇÃO: O PAGAMENTO DA INSCRIÇÃO DEVE SER REALIZADO VIA DEPÓSITO DADOS:
    BANRISUL AGENCIA 0011 - CONTA 06.851.7000-1
    CNPJ 88.733.811/0001-42 - FAMURS ESCOLA.

    CANCELAMENTO: 7 DIAS, APÓS VALOR FICARA DE CRÉDITO PARA PREFEITURA.

    *ESTAMOS MUDANDO O SISTEMA DE INSCRIÇÕES, DEVIDO A ISTO OS BOLETOS NÃO SERÃO GERADOS.
    INFORMAÇÕES: 51.32303125 - 51.32303126 - 51.32303127



    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

    1- Tributos municipais incidentes sobre as propriedades imobiliárias
    1.1 Distinção entre os tributos
    1.2 Princípios constitucionais da tributação
    1.3 O tripé da tributação
    1.4 Parâmetros de cálculo do IPTU
    1.5 Diagnóstico da tributação imobiliária municipal

    2- Plantas de Valores Genéricos – apresentação
    2.1 – Avaliações individuais vs. coletivas
    2.2 – O processo avaliatório
    2.3 – Procedimentos para o cálculo do valor venal
    2.3.1 – Planta de valores genéricos de terrenos (zona fiscal vs. face de quadra)
    2.3.2 – Planta de valores genéricos de edificações (pontuação vs. tipologia)

    3- Roteiro para elaboração de plantas de valores genéricos
    3.1 Organização
    3.2 Preparação
    3.3 Operacionalização
    3.4 Finalização

    4- Aplicação prática
    4.1 Elaboração de uma planta de valores genéricos de terrenos
    4.2 Elaboração de uma planta de valores genéricos de edificações
    4.3 Utilização da PVGT para o cálculo da valorização imobiliária em Contribuição de Melhoria

    OBS: Toda a parte prática do curso é desenvolvida com o software Excel. Caso os alunos disponham de notebook é aconselhável trazê-lo.

    MINISTRANTE: Luiz Fernando Chulipa Moller

  • LOCAL: Sede da FAMURS (Rua Marcílio Dias, 574 – Porto Alegre/RS)
    Investimento: R$ 399,00 para Prefeitura - R$ 599,00 para outros
    Data: 26 e 27 de setembro de 2019.
    Horário: Das 9h às 12h e das 13h às 18h
    Carga horária: 14h (dois dias)


    PAGAMENTO DA INSCRIÇÃO DEVE SER REALIZADO VIA DEPÓSITO
    DADOS BANCÁRIOS: BANRISUL - AGÊNCIA 0011 - CONTA 06.851.7000-1
    CNPJ 88.733.811/0001-42 - FAMURS ESCOLA.


    CANCELAMENTO: 7 DIAS, APÓS VALOR FICARÁ DE CRÉDITO PARA PREFEITURA.


    *ESTAMOS MUDANDO O SISTEMA DE INSCRIÇÕES, DEVIDO A ISTO OS BOLETOS NÃO SERÃO GERADOS.
    INFORMAÇÕES: 51.32303125 - 51.32303126 - 51.32303127




    PÚBLICO ALVO

    Gestores de Turismo e de Cultura, Gestores de Ação Social dos Municípios, Secretários e Assessores Municipais de Turismo, Gestores de Políticas Públicas, Estudantes de Turismo e Cultura, empreendedores e atores locais do turismo.


    APRESENTAÇÃO

    As experiências de turismo rural em todo o Brasil apontam diversos benefícios econômicos, sociais e ambientais. Sendo que entre os benefícios mais frequentemente apontados, estão a diminuição do êxodo rural, por meio da geração de novas oportunidades de trabalho e renda, e o aumento da venda direta ao consumidor, de produtos agrícolas in natura e da chamada Produção Associada ao Turismo, como o artesanato, manifestações culturais e produtos agroalimentares diversos, assim promovendo a diversificação da economia local e regional. Também se verifica o aumento da autoestima dos trabalhadores, a partir da valorização de seus saberes e fazeres, além da preservação de patrimônio material e imaterial e conservação dos recursos naturais.
    Assim, este curso se propõe a apresentar aos participantes, este segmento turístico e suas potencialidades como ferramenta de desenvolvimento local, de forma a facilitar a identificação de potencialidades, qualificação e fomento ao surgimento de novos empreendimentos e destinos de Turismo Rural. Bem como, apresentar os conceitos básicos, o cenário atual, tendências e os principais produtos e serviços atrelados ao segmento no RS.


    OBJETIVO

    Preparar os Gestores públicos e demais participantes para a identificação de potencialidades locais, qualificação e fomento ao surgimento de novos empreendimentos e destinos de Turismo Rural.


    OBJETIVOS ESPECÍFICOS

    Promover o conhecimento básico sobre o segmento de Turismo Rural;
    Apresentar o cenário atual do segmento, no Brasil e RS;
    Habilitar para o reconhecimento de potencialidades locais de TR;
    Orientar quanto aos procedimentos básicos para organização de um roteiro de TR.


    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:


    1º dia

    Introdução: Turismo Rural;
    Multifuncionalidade do espaço rural;
    Motivações e atratividade;
    Segmentos de turismo no espaço rural;
    Cenário Nacional e no RS (por regiões turísticas);
    Perfil do NOVO turista;
    Tendência de Produtos e Serviços;
    Princípios fundamentais do Turismo Rural;


    2º dia

    Principais atividades praticadas no âmbito do segmento;
    Serviços de Turismo Rural;
    Roteiros de Turismo Rural;
    Marco legal/Legislação;
    Produto turístico;
    Dinamização da economia local;
    Comunicação e o Turismo Rural.



    MINISTRANTE: ALINE MORAES CUNHA

    Bacharel em Turismo(PUCRS), iniciou no Turismo Rural atuando no desenvolvimento de um roteiro turístico, que mais tarde se transformaria nos Caminhos Rurais de Porto Alegre. A atuação junto ao rural, a levou a cursar a Especialização em Agricultura Orgânica (UCS), em Educação Ambiental (FURG), e ao Mestrado em Desenvolvimento Rural (PGDR/UFRG). Formações que vieram para qualificar a sua compreensão e a sua atuação no setor. Atua como instrutora do Programa do Turismo Rural do SENAR RS, desde 2005, já tendo ministrado cursos em todo e estado e desenvolvido, vários empreendimentos de lazer e entretenimento rural, de turismo rural pedagógico, de alimentação, ponto de venda de Produção Associada ao Turismo (artesanato e agroalimentares),de meios de hospedagem, e de espaços para eventos. Além de atividades caracterizadas como Turismo Rural na Agricultura Familiar - TRAF, Turismo Agroecológico, Enoturismo, Ecoturismo e o Turismo de Aventura em espaço rural, bem como roteiros turísticos diversos. Já atuou na elaboração, captação e execução de projetos junto ao MTUR, MDA, MMA e PETROBRÁS, tendo atuado como coordenadora de projeto pioneiro de desenvolvimento do Artesanto e Turismo no Litoral Norte e do primeiro projeto de Turismo Rural de Base Comunitária no RS, desenvolvido nos Caminhos Rurais de Porto Alegre. Tendo formação de Condutora de Caminhadas (UFSC/MTUR) e de Guia de Turismo (IFRS), atuou como professora na formação de Condutores Ambientais ofertada pelo Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), na cidade de Porto Alegre e Viamão, no Parque Estadual de Itapuã, bem como, na formação de Guias de Turismo (IFRS- Campus Restinga). Também atuou junto ao SENAC/RS na formação de Camareiras e Arrumadores, e na formação de Gestores Públicos para o Turismo, elaboração de Projetos e SICONV. Atualmente atua como Professora do Curso de Bacharelado em Turismo do Centro Universitário Metodista - IPA, se mantém como instrutora do SENAR/RS, é sócia -diretora da PLANTUR - Consultoria, Planejamento e Educação para o Turismo, e integra do Grupo de Trabalho de Turismo Rural e Câmara Temática do Turismo Rural do Estado do Rio Grande do Sul, incarregado pelo Diagnóstico e Cadastro de empreendimentos Rotas e Roteiros de Turismo Rural.