• Local: Rua Marcílio Dias, 574 - Porto Alegre/RS
    Investimento: R$ 219,00 para Prefeitura - R$ 309,00 para outros
    Data: 4 de maio de 2018
    Horários: 9h às 12h e das 13h30 às 17h
    Carga Horária: 7h/a



    APRESENTAÇÃO

    A questão ambiental é de inclusão obrigatória nas ações do Poder Público, como imposição legal e da necessidade de que o desenvolvimento econômico e social ocorra de forma sustentável. Essa obrigação decorre da própria Constituição, quando, no seu artigo 225, impõe tanto ao Poder Público, como à sociedade, o dever de atuar na defesa do meio ambiente. Para auxiliar na capacitação do órgão ambiental dos municípios é que se apresenta o RESGATE DE FAUNA: TEORIA E PRÁTICA, com base legal e teórica das etapas presentes no licenciamento ambiental, assim como a prática das questões relacionadas a fauna silvestre no dia a dia dos órgãos ambientais.


    OBJETIVO

    Capacitar os participantes para a atuação e realização de avaliações de laudos de fauna e projetos de monitoramento e resgate de fauna nos processos de Licenciamento Ambiental em conformidade com a legislação ambiental, através do conhecimento de aspectos técnicos legais e capacitar os participantes para realizar resgates de animais silvestres no meio urbano.


    PÚBLICO-ALVO

    Biólogos, Fiscais, Servidores da Área Ambiental Municipal, profissionais e gestores de órgãos públicos e privados da área ambiental e demais profissionais interessados em adquirir novos conhecimentos para a formação profissional, com o fim de capacitação para o mercado de trabalho.


    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

    Estrutura trabalho de fauna Principais animais presentes no ambiente urbano Resgates de animais silvestres no meio urbano – situações e procedimentos Equipamentos básicos necessários
    IN 146/Ibama
    Laudo de Fauna Silvestre
    Componentes para mitigação de impactos que podem ser previstos pelos servidores
    Plano de Monitoramento e Resgate de Fauna Silvestre
    Licença para Captura e Coleta de Fauna Silvestre
    Condicionantes que podem ser utilizadas
    Particularidades que devem ser levadas em conta
    Bibliografias úteis para análises
    Análises de casos concretos


    MINISTRANTE

    Renata Vieira